SEÇÃO Estudos de Seitas
CATEGORIA Apologética    Maçonaria
     Quarta, 20 de Agosto de 2014

Estudos de Seitas      Apologética       Maçonaria

Provamos que a Maçonaria Adora a Lúcifer, Pois Venera a Serpente - Estudo dos Símbolos - Parte 4 de 5

Publicado em 2/11/2002

Pr. David Bay - Tradução: Jeremias R D P dos Santos
http://www.espada.eti.br/

Quando estudamos os símbolos maçônicos, constatamos que a veneração à Serpente é muito comum dentro da Maçonaria, o que comprova a adoração a Satanás. No entanto, os maçons consideram a Serpente como o Salvador do Mundo!

A maior parte deste artigo baseia-se em livros que foram publicados por editoras maçônicas e que eram muito secretos antigamente. Seguimos a recomendação bíblica atentamente, comparando os ensinos maçônicos com a Bíblia Sagrada. Em 1 João 4:1, encontramos este mandamento a todos os cristãos: "Amados, não deis crédito a qualquer espírito, antes provai [testai] os espíritos se procedem de Deus, porque muitos falsos profetas têm saído pelo mundo fora." Assim, vemos que qualquer ensino religioso que não se conforme com as Escrituras é proveniente de um "falso profeta".

Este exercício não é vão, pois é sua alma preciosa que está em jogo. Finalmente, lembre-se de duas coisas sobre a Maçonaria: 1) Os maçons de graus superiores mentem para seus colegas maçons, pois eles "merecem ser enganados"; 2) As explicações dadas a 95% de todos os maçons estão erradas. Veja esta citação de um autor maçônico, Carl Claudy: "Remova a casca exterior e encontre um significado; remova aquele significado e encontre outro; abaixo dele, se você cavar ainda mais, encontrará um terceiro, um quarto - quem poderá dizer quantos ensinos?" Você aprendeu muitas mentiras, conforme demonstraremos nos nossos muitos artigos. Finalmente, lembre-se, da audaz afirmação de Albert Pike em seu livro Morals and Dogma [leia a resenha] que, "A Maçonaria é idêntica aos mistérios antigos", o que significa que todos seus ensinos em todos os livros são exatamente o mesmo que os mistérios antigos, pagãos e satânicos! [pg 624, Ensinos para o Vigésimo Oitavo Grau]

Pedimos que você separe um tempo para ler nossos artigos para que finalmente saiba a verdade de Jesus Cristo, o Deus do Universo, a quem os maçons chamam de "deus inferior" e nunca mencionam em seus ensinos e rituais. Oramos fervorosamente para que o Espírito Santo ilumine sua mente, coração e alma com o conhecimento do verdadeiro Deus, e somente do verdadeiro Deus, da Bíblia Sagrada.

A Adoração à Serpente na Maçonaria

Imagine nosso choque quando descobrimos que a Maçonaria adora a Serpente, exatamente como a maioria dos grupos pagãos dos últimos 5.000 anos. Estaremos citando fontes maçônicas, e mostraremos os símbolos que acompanham o texto. Como "uma figura vale mais do que mil palavras", este artigo será outra prova "da arma fumegante" confirmando que a Maçonaria é luciferiana, conforme vimos demonstrando.

Albert Pike, em seu livro monumental, Morals and Dogma, fala grandemente sobre a importância da adoração à serpente nas várias religiões pagãs de mistério da antiguidade. Ao ler sua descrição da importância da adoração à serpente, tenha em mente que Pike dogmaticamente afirmou que "a Maçonaria é idêntica aos antigos mistérios", o que significa que os ensinos em todos os seus livros são precisamente os mesmos que os satânicos e pagãos mistérios antigos! Agora, vejamos o que escreveu Albert Pike, maçom de Grau 33, da Jurisdição Sul dos EUA.

"A serpente enrolada em um ovo, era um símbolo comum para os indianos, os egípcios e os druidas. É uma referência à criação do universo". [pg 496, ensinos para o Vigésimo Quinto Grau, Cavaleiro da Serpente de Bronze]

Em vários artigos anteriores, observamos que a Maçonaria NÃO crê que o universo foi criado pelo Deus da Santa Bíblia, conforme registrado no Gênesis. Essa afirmação realmente suporta esse conceito, pois diz dogmaticamente que a serpente enrolada no ovo é um símbolo da criação do universo!

Além disso, é altamente condenável que a Maçonaria venere os druidas. Não somente Pike menciona os druidas nessa frase, mas outros autores maçônicos são até mais enfáticos na admissão que a Maçonaria venera-os porque a religião de mistério do druidismo é idêntica à da Maçonaria. Veja:

"... nosso modo de ensinar os princípios da nossa profissão [Maçonaria] é derivado dos druidas.... e nossos principais emblemas originalmente vieram do Egito..." [William Hutchinson, maçom, The Spirit of Masonry [O Espírito da Maçonaria], revisado por George Oliver, Bell Publishing, publicado originalmente em 1775, pg 195].

Albert Churchward, outro escritor maçom, diz que os maçons são "nossos druidas atuais" [Albert Churchward, Signs and Symbols of Primordial Man: The Evolution of Religious Doctrine from the Eschatology of the Anciente Egyptians (Sinais e Símbolos do Homem Primordial: A Evolução da Doutrina Religiosa a Partir da Escatologia dos Antigos Egípcios), Londres, Inglaterra, George Allen and Co. Ltd., 1913, segunda edição, pg 189]

Outro autor maçônico, George Oliver, também observou a conexão da Maçonaria com os druidas. "Os druidas veneravam grandemente a Serpente. O grande deus Hu, era tipificado por esse réptil; e era representado pelos bardos como o 'maravilhoso Dragão-chefe, o soberano dos céus'." [George Oliver, Sign and Symbols, Nova York, Macoy Publishing and Masonic Supply Co., 1906, pg 36; ênfase e caixa alta no original] Pelo menos, essa visão satânica da serpente e do dragão como seres idênticos é consistente com a Bíblia, pois as Escrituras dizem que ambos são símbolos de Satanás [veja Apocalipse 12:9].

Quando os autores maçônicos Pike, Hutchinson, Churchward e Oliver identificam a Maçonaria como proveniente do druidismo, essa admissão é extremamente grave. "Os maçons... admiram os druidas e alguns até chegam a afirmar que a Maçonaria veio do druidismo. Logicamente, os druidas eram sacerdotes ocultistas, praticavam a astrologia, e ofereciam sacrifícios humanos." [Dr. C. Burns, Masonic and Occult Symbols Illustrated, (Símbolos Maçônicos e Ocultistas Ilustrados), pg 28] Maravilhoso. Essa afirmação significa que a Maçonaria pratica tanto a Magia Branca quanto a feitiçaria da Magia Negra. Os Iluministas praticam a feitiçaria da Magia Negra, como também o Anticristo praticará!

Albert Pike então revela que outras religiões de mistério no mundo e em diferentes épocas também adoraram a serpente, de várias formas. Por exemplo: [citações tiradas do livro Morals and Dogma, pg 496-500]

1) "Os fenícios representavam o deus Nomu [Knepth ou Amun-Knepth] usando uma serpente".

2) "No Egito, um sol suportado por duas víboras era o emblema de Horhat, o gênio do bem; a serpente com o globo alado era colocado sobre as portas e janelas dos templos como um deus tutelar [guardião]".

3) Na cidade de Tiro, e na Índia, "uma serpente era ... enrolada no tronco de uma árvore. Píton, a Deidade Serpente, era considerada um oráculo; e o tripé em Delfos era uma serpente de ouro de três cabeças. " [Nota: Pike usou caixa alta no original]

4) "Os portais nos templos egípcios eram decorados com o hierograma do Círculo e a Serpente."

5) A serpente "é encontrada no templo de Naki-Rustam, na Pérsia, no arco triunfal em Beijing, China, sobre as portas do grande templo de Chaundi Teeva, em Java; nos muros de Atenas... O hierograma mexicano era formado pela interseção de duas grandes Serpentes, que descreviam o círculo com seus corpos, e cada uma tinha um cabeça humana em sua boca." [Nota: Aqui também Pike utilizou caixa alta, para indicar Deidade] Embora possamos achar repugnante imaginar uma serpente engolindo um ser humano, descobrimos que os satanistas têm um ponto de vista diferente. Um livro sobre símbolos satânicos, chamado Magic Symbols [Símbolos Mágicos], diz que a serpente engolindo um ser humano simboliza "o processo de iniciação". Quando um homem se preparou para obter maiores percepções sobre a natureza do reino espiritual, então diz-se que é um iniciado. Um verdadeiro iniciado é aquele que recebeu, ou adquiriu, essa sabedoria, que lhe permite ver esse facho brilhante de luz espiritual... sem danificar sua visão." O que isso tudo significa é que um homem precisa ser preparado para adorar a Satanás, pois essa adoração é contrária ao conhecimento instintivo que Deus colocou sobre ele em todos os homens. Logicamente, é exatamente isso que a Maçonaria faz. À medida em que um homem é convidado a avançar para os graus superiores, ele vai aprendendo mais e mais coisas, até que finalmente, por volta do Vigésimo Oitavo Grau [Príncipe Adepto, ou Cavaleiro do Sol], perceberá que está adorando a Lúcifer, o deus do bem. Ele foi cuidadosamente preparado para essa revelação, pois agora pode "olhar para esse facho brilhante de luz espiritual sem danificar sua visão"!

6) "Todas as cruzes celtas na Irlanda tinham serpentes entalhadas. Nos templos hindus de Burwah-Sangor, as colunas são totalmente decoradas por um emaranhado de serpentes."

7) "Entre os egípcios, era um símbolo de Sabedoria Divina, quando estendida em seu comprimento; e com sua cauda na boca, da Eternidade." [Novamente, Pike utilizou caixa alta em Divina Sabedoria e Eternidade, querendo indicar Deidade]. Todos os pagãos em todas as eras usaram a serpente na adoração e a consideravam um símbolo da Sabedoria. O livro Magic Symbols, já citado, diz, "...veremos as implicações mais profundas da serpente como um símbolo da sabedoria..." Esta figura ao lado é identificada como sendo da prática da Alquimia, uma arte que normalmente é imaginada como tentar transformar metais em ouro, mas que também tem um objetivo espiritual de alcançar a vida eterna. A propósito, este símbolo da serpente devorando sua própria cauda chama-se "Ouroboros" [pg 11; ênfase adicionada]

O Ouroboros tem um significado mais profundo. "Essa serpente, algumas vezes chamada Ouroboros, é um símbolo do Tempo, do qual só a Sabedoria emerge. A serpente envolve os dois símbolos dos extremos da vida criada - a criança e o símbolo da morte da caveira. Entre eles, a criança e a caveira simbolizam o 'início e depois o fim'. Como um todo, o emblema pode ser interpretado como se significasse, 'No final, é meu início', ou 'O Fim é encontrado no Início', o que é aproximadamente o significado da frase em latim que aparece em volta do círculo." [Magic Symbols, ibidem]. Essas duas frases estão falando sobre a crença pagã na Reencarnação.

Ofende-me o fato de os satanistas verem o mundo criado envolvido e controlado pela serpente, como mostra este Ouroboros. No entanto, a própria Bíblia diz que Satanás é o "Príncipe deste mundo", o "príncípe das potestades do ar", e que estará controlando este mundo ímpio até o retorno do Senhor Jesus Cristo.

A Maçonaria compartilha essa crença que a serpente representa o tempo, como indicado pelo segundo Ouroboros? Sim, compartilha. Veja como Pike explica isso sucintamente: "A serpente em forma de anel era um símbolo bem-conhecido do tempo." [Ibidem, pg 497]

Quando Pike explica a crença espiritual dos maçons sobre a serpente, menciona o zodíaco, as abelhas e o mel. Veja. "A Virgem do zodíaco é mordida no calcanhar por Serpens, que, com Scorpio, ergue-se imediatamente atrás dela; e como o mel, o emblema da pureza e da salvação, era considerado o antídoto para a picada da serpente, assim também as abelhas de Aristeu, os emblemas da abundância da natureza, são destruídas por meio do poder da serpente, e regeneradas dentro das entranhas do Touro Vernal. O Deus-Sol é finalmente vitorioso." [Ibidem]. Observe que a Maçonaria identificou-se também com os pagãos que adivinhavam o futuro analisando as entranhas de um touro sacrificado. Isso é satanismo explícito!

Assim, entre os símbolos maçônicos, vemos regularmente o símbolo das abelhas e da colméia. Sempre tive curiosidade em saber por que as colméias são comumente mostradas em sites maçônicos na Web, pois o cristianismo não utiliza esse símbolo. Mas agora, graças a Pike, sabemos. Observe também, que o mel representa "pureza e salvação". Esse simbolismo é também uma blasfêmia, pois a Bíblia representa a pureza com o próprio Jesus, ou com a lã branca, ou com um traje branco. A salvação é representada pela cruz ou pelo próprio Jesus ressurreto dentre os mortos. No entanto, os pagãos seguem fielmente à descrição bíblica deles como "adoradores da criatura e não do Criador" [Romanos 1:25].

A edição de julho de 1998 do The Scottish Rite Journal diz que a águia também era um símbolo de regeneração e do renascimento [Jim Tresner, maçom de Grau 33, "Wings of the Eagle, Wing on Our Feet", pg 7]. Mas, outro autor maçônico voltou ao simbolismo da serpente como regeneração, ou reencarnação. [Herbert F. Inman, Masonic Problems and Queries, Londres, Inglaterra, A. Lewis. Ltd., 1987, pg. 210. Também afirmado por Charles G. Berger, Our Phallic Heritage (Nossa Herança Fálica), Nova York, Greenwich Book Publishers, pg 204]

Na verdade, veja como o livro satânico A Dictionary of Symbols [Dicionário de Símbolos], explica a importância da serpente. "As serpentes são guardiãs das fontes da vida e da imortalidade e também daquelas riquezas superiores do espírito que são simbolizadas pelo tesouro oculto... a serpente é a força da vida que determina o nascimento e o renascimento e, portanto, está conectada com a Roda da Vida..." [Cirlot, A Dictionary of Symbols, pg 286-288].

Albert Pike explica o significado dessas duas colunas maçônicas, ambas as quais exibem uma serpente. "As serpentes enroladas em anel ou nos globos e saindo dos globos, são comuns nos monumentos persas, egípcios, chineses e indianos. O deus hindu Visnu é representado deitado sobre uma grande serpente toda enrolada, que forma um pálio sobre ele." [Pike, Morals and Dogma, ensinos para o Vigésimo Quinto Grau, Cavaleiro da Serpente de Bronze, pg 500]

No entanto, estamos a caminho para um rude choque. Observe que a coluna à esquerda não somente tem uma serpente enrolada no globo, mas que o globo tem asas. Outra fonte cita que H. G. Wells disse que o globo alado deverá "tornar-se o símbolo da Nova Ordem Mundial quando ela dominar totalmente o mundo". [Fritz Springmeier, The Watchtower and the Masons (A Torre de Vigia e os Maçons), 1992, pg xi]

Isso significa que a coluna maçônica da esquerda na figura representa o símbolo do reino final do Anticristo, a Nova Ordem Mundial! Novamente, temos uma forte conexão entre a Maçonaria e o vindouro reino do Anticristo.

A Maçonaria Representa o Salvador Como uma Serpente!!

Chamamos agora sua atenção para o avental maçônico mostrado aqui. Você pode observar o Olho Que Tudo Vê na esquerda superior, o símbolo da adoração ao sol na direita superior, e a colméia com as abelhas na parte inferior. No entanto, observe o símbolo no centro, com a caveira no centro do emblema maçônico do esquadro e do compasso. Observe que esse símbolo está envolvido por um Ouroboros, a serpente que morde sua própria cauda. Além disso, observe que dois ramos de sempre-viva estão embaixo do compasso e do esquadro; os satanistas usam a sempre-viva para representar a vida eterna. Mas, agora, vejamos o que dizem dois autores maçônicos sobre esse assunto:

"A Serpente é reconhecida universalmente como um símbolo legítimo da Maçonaria." [George Oliver, Signs and Symbols, Macoy Publishing and Masonic Supply Co., 1906, pg 36] Agora, afinal, sabemos a verdade sobre a Maçonaria! Seu "símbolo legítimo" é a serpente, e observe o uso de caixa alta na frase, indicando Deidade. Essa é outra admissão, por esse autor maçom que a Maçonaria adora a Satanás, o Diabo [veja Apocalipse 12:9].

Mas, agora, veja a admissão final de autores maçônicos que a Maçonaria adora a Satanás.

"A serpente é o símbolo e protótipo do Salvador Universal, que redime os mundos dando à criação o conhecimento de si mesma e a realização do bem e do mal." [Manly P. Hall, maçom de Grau 33, The Secret Teachings of All Ages, The Philosophical Research Society Press, pg lxxxviii].

Vamos repetir essa informação para você: "A serpente é o símbolo e protótipo do Salvador Universal, que redime os mundos dando à criação o conhecimento de si mesma e a realização do bem e do mal."

Muito obrigado por essa percepção, sr. Hall; logicamente, não devemos estar surpresos, pois esse mesmo autor nos disse em seu livro, The Lost Keys of Freemasonry [As Chaves Perdidas da Maçonaria], que o maçom adequadamente preparado tinha as "energias ardentes de Lúcifer em suas mãos" [pg 48].

Você pode imaginar essa blasfêmia? Os maçons representam o Salvador Universal do mundo como a Serpente. Não era desejado que essa informação chegasse ao conhecimento do público, pois esse livro citado foi publicado como um livro secreto. Agora você pode ver por que a Maçonaria insiste que o iniciado faça um juramento solene de nunca divulgar os segredos, sob a pena de ter sua garganta cortada e suas entranhas arrancadas para fora?

Mas, Albert Pike, o maçom de Grau 33 mais reverenciado de todos os tempos tem mais blasfêmias. Veja como ele descreve o Ouroboros, o símbolo da serpente que devora sua própria cauda. "É o corpo do Espírito Santo, o Agente Universal, a Serpente que devora sua própria cauda." [Morals and Dogma, pg 734, Ensinos para o Vigésimo Oitavo Grau, Príncipe Adepto, Cavaleiro do Sol]

Assim, a Maçonaria blasfema tanto de Jesus Cristo quanto do Espírito Santo. O que Jesus Cristo disse sobre esse tipo de situação? "Todo pecado e blasfêmia serão perdoados aos homens; mas a blasfêmia contra o Espírito não será perdoada. Se alguém proferir alguma palavra contra o Filho do homem ser-lhe-á isso perdoado; mas se alguém falar contra o Espírito Santo, não lhe será isso perdoado, nem neste mundo nem no porvir." [Mateus 12:31-32]

Os estudiosos da Bíblia chamam isso de Pecado Imperdoável. Isso é muito sério, pois, quando uma pessoa comete o Pecado Imperdoável, o Espírito Santo deixa de operar em seu coração, para convencê-la do pecado e tentar trazê-la ao arrependimento e à confissão, para que ela obtenha perdão por meio do sangue de Jesus Cristo. Assim, essa pessoa fica perdida, condenada.

Os fatos agora estão bem claros: A Maçonaria é totalmente satânica.

Fazemos uma advertência a todas as igrejas cristãs e aos pastores que estão envolvidos na Maçonaria. "Retirai-vos dela, povo meu, para não serdes cúmplices em seus pecados, e para não participardes dos seus flagelos; porque os seus pecados se acumularam até ao céu, e Deus se lembrou do atos iníquos que ela praticou." Essa advertência é do próprio Senhor Jesus Cristo, de modo que você deve encará-la com muita seriedade, se dá valor a sua alma eterna.



RECOMENDAR >> IMPRIMIR >>
10 MAIS RECENTES
Unidade da Igreja de Cristo
Não quero mais ser evangélico
Signos. Porquê?
Mas que Homem é Esse?
Ai dos que ao mal chamam bem e ao bem, mal
A Integridade Moral do Profeta Eliseu
Contentamento & Transformação
O Brasil precisa de pastores de caráter limpo
PASTORES FIÉIS
Controle da natalidade no mundo ocidental ajudando no crescimento explosivo do islamismo
MAIS >>>

NOTÍCIAS CRISTÃS
Aprovação do PLC 122 será o último ato do governo Lula?
O escândalo homossexual de WikiLeaks
Assassinatos contra gays: dados manipulados
Professor francês é suspenso por mostrar vídeo de abortos para alunos do ensino colegial
Famosa feminista pró-aborto chama bebês em gestação de “tumores”
Desafiando comunistas no púlpito da igreja
Possessão demoníaca agora é politicamente correta
MAIS >>>

ESTUDOS BÍBLICOS
Unidade da Igreja de Cristo
Não quero mais ser evangélico
Signos. Porquê?
Mas que Homem é Esse?
A Integridade Moral do Profeta Eliseu
Contentamento & Transformação
O Brasil precisa de pastores de caráter limpo
PASTORES FIÉIS
Os modernos adoradores de Baal
Os Benefícios de Ter Filhos
MAIS >>>