SEÇÃO Destaques da Mídia
CATEGORIA -    -
     Quarta, 1 de Outubro de 2014

Destaques da Mídia      -       -

Mulheres Afegãs

Publicado em 10/19/2001

Pamela Constable
Revista Nova

Já imaginou se você vivesse assim?

Dois anos depois de o Taliban ter tomado poder, as mulheres afegãs se tornaram praticamente invisíveis. Não podem sair de casa sem vestir a Burqa, uma capa de náilon pregueada que cobre seus rostos e suas cabeças caindo pesadamente no chão por todos os lados.Se suas mangas ou calças não revestirem completamente os punhos e os tornozelos, podem ser surradas pelos agentes da polícia de reforço moral do Taliban, que percorrem as ruas da cidade. A maioria das mulheres foi proibida de trabalhar fora, e as meninas , de frequentar a escola .Elas não saem de casa sem escolta masculina.

As profissonais que trabalhavam fora, agora, passam seu tempo cozinhando, limpando e fazendo tarefas manuais. Os oficias do Taliban que entrevistei me contaram que não pretendiam prender suas mulheres, apenas protegê-las da depravação dos homens e das influências ocidentais, que desejavam um Estado islâmico pacífico e organizado, em que a vida e a propriedade estivessem garantidas, com suas mulheres e suas mães desempenhando papéis tradicionais sob a proteção dos parentes homens.

Conforme entram na enfermaria, as pacientes atiram suas Burqas longe,com alívio. As afegãs foram sepultadas vivas dentro desses mantos pesados,mal da para enxergar, se não se cobrem, apanham. Na zona rural as clínicas médias foram simplesmente fechadas.Os médicos homens são proibidos de tratar mulheres.Quando ocorre algum problema na gravidez, em geral o bebê morre antes que consigam ajuda na capital. Só as organizações internacionais médicas é que podem dar empregos femininos ás profissionais especializadas. Agora , as mulheres são tratadas como coisas por seus maridos.

Ficar solteira é como não Ter mão. "Saí de casa e um homem do Taliban gritou que minhas calças não eram suficientemente compridas,começou a espancar os meus pés com seu cacetete". "Costumávamos usar jeans e jaqueta, como as européias.Havia liberdade e instrução .Hoje, só podemos ficar em casa e vestir a Burqa.Eu preferia morrer a voltar." Sepultadas vivas sob os mantos, 97 % delas sofrem de profunda depressão: uma a cada quatro pensa em se matar; várias na verdade acabam se suicidando. Muitos afegãos dizem que, a princípio, rceberam bem a firmeza do Taliban, agora discordam do severo código religioso.Os homens precisam usar barba comprida e rezar cinco vezes ao dia,não podem escutar música, só os cantos do Alcorão e os do Taliban.Barbear-se pode dar cadeia; tomar bebida alcólica, açoite público; roubar,amputação de mão.


"Ouça-me, sinta minha dor, você precisa compartilhar meu sofrimento"
Mulheres Afegãs


Poderia ser você nas correntes!



Taliban:


" Eles destruíram meu país e o venderam ao invasor
Eles massacraram meu povo, minhas irmãs e minha mãe
Eles mataram todos meus irmãos, sem um pensamento
O reinado que eles impuseram, ordena o ódio e a fúria
Chacina crianças e idosos, sem julgamento, defesa ou juri
Bane a arte e os artistas, pune os poetas e escritores
Vende drogas e rumores, nutre lutadores terroristas
Eles me fizeram prisioneira em grilhões e correntes
Continuam a me bater, para mostrar que podem fazer isso
Ninguém ouve meus lamentos, ninguém divide meu tormento... Serei uma fonte do demônio? Você pode ouvir minha voz??? "


Mulheres são usadas apenas para serviços escravos dentro de casa e para a procriação. São tratadas como um ser "sub-humano" que não tem direitos, não pode ter sorriso, voz ou pensamento.

Pois se algum homem estranho ouvir seu riso, têm-se naquele país o livre direito de agredir até a morte qualquer mulher cujo riso foi ouvido. Homens impostos às regras, mulheres à restrição e submissão.

Às mulheres afegãs:


1.É proibido às mulheres andar nas ruas sem a companhia de um mahram (pai, irmão ou marido)
2.É proibido serem tratadas por médicos homens (resumindo: mulheres não tem atendimento médico, pois não é permitido que mulheres trabalhem fora de casa)
3.É permitido chicotear, bater ou agredir verbalmente as mulheres que não estiverem usando roupas adequadas (burqa), ou que estiverem agindo contra o que o Taliban quer. Muitas mulheres já foram apedrejadas até a morte porque "alguém" gritou que seus tornozelos apareciam
4.É proibido qualquer tipo de maquiagem. Muitas mulheres tiveram seus dedos cortados por pintar as unhas
5.É proibido à mulher rir alto (nenhum estranho pode sequer ouvir a voz da mulher)
6.É proibido usar saltos altos que possam produzir sons enquanto andam
7.É proibido o uso de roupas que sejam coloridas


Mulheres Afegãs Poderia ser você nas correntes!




"Costumávamos usar jeans e jaqueta, como as européias. Havia liberdade e instrução."



"Hoje só podemos ficar em casa e vestir a burqa."



RECOMENDAR >> IMPRIMIR >>
10 MAIS RECENTES
Unidade da Igreja de Cristo
Não quero mais ser evangélico
Signos. Porquê?
Mas que Homem é Esse?
Ai dos que ao mal chamam bem e ao bem, mal
A Integridade Moral do Profeta Eliseu
Contentamento & Transformação
O Brasil precisa de pastores de caráter limpo
PASTORES FIÉIS
Controle da natalidade no mundo ocidental ajudando no crescimento explosivo do islamismo
MAIS >>>

NOTÍCIAS CRISTÃS
Aprovação do PLC 122 será o último ato do governo Lula?
O escândalo homossexual de WikiLeaks
Assassinatos contra gays: dados manipulados
Professor francês é suspenso por mostrar vídeo de abortos para alunos do ensino colegial
Famosa feminista pró-aborto chama bebês em gestação de “tumores”
Desafiando comunistas no púlpito da igreja
Possessão demoníaca agora é politicamente correta
MAIS >>>

ESTUDOS BÍBLICOS
Unidade da Igreja de Cristo
Não quero mais ser evangélico
Signos. Porquê?
Mas que Homem é Esse?
A Integridade Moral do Profeta Eliseu
Contentamento & Transformação
O Brasil precisa de pastores de caráter limpo
PASTORES FIÉIS
Os modernos adoradores de Baal
Os Benefícios de Ter Filhos
MAIS >>>